21 dezembro 2015

E já lá vão 3 anos!

 "Tudo começa com um pequeno blog...".
 Esta foi a primeira frase que aqui escrevi, faz hoje 3 anos. De facto, tudo começou com um pequeno blog, mas também continuou sendo um pequeno blog.

 Vejamos os factos: desde o ultimo aniversário, 4 entradas foram escritas. Apenas e só quatro... A ultima data do mês de Julho e nem sequer é nada de jeito (tal como as restantes 46).
 Um facto interessante é que também no ano passado a ultima publicação antes da do aniversário tinha sido em Julho. Se seguirmos a mesma lógica, a minha próxima teoria dará entrada em... Maio.

 Não é que eu me esqueça do blogue. Costumo, inclusive, verificar a evolução das visitas com bastante frequência. O que me falta é mesmo o tempo e a dedicação para escrever.

 O dia do aniversário, no entanto, nunca me passa ao lado (excepto no ano passado). Por ser próximo do Natal, costumo lembrar-me deste dia quando o clima natalício aparece. Para além disso, recordo que este era o dia em que, há 3 anos atrás, o mundo deveria ter acabado.



 Tal como disse no ano passado (no post do 2º aniversário), sou estudante a tempo inteiro de uma área que me dá pano para mangas (e que por vezes até chega para fazer umas calças). E mais uma vez refiro, à semelhança do que disse nos posts do e aniversários, que o blogue não evoluiu para nada de significativo. 

 O que não falta são blogues por essa Internet fora com palermices e barbaridades de muito melhor qualidade que as minhas que, para além disso, são publicadas em muito maior quantidade. Será porque afinal o meu cérebro não está assim tão bolorento? Não.

 O blogue não cresceu, é um facto. 11660 visitas em 3 anos não é propriamente um sucesso. Mas a verdade é que a cada dia são criados milhares de novos blogues, pelo que as probabilidades não estavam do meu lado. A lógica não é difícil de entender: 

O blogue começa -> Bastante dedicação e entusiasmo da minha parte -> Grande quantidade de artigos publicados


 Porém...

Nº de visitas não reflecte o esforço dedicado -> Nº de artigos diminui -> Menos qualidade


 Para além de que...

Faculdade e menos tempo -> Dedicação tende para zero

 Para concluir, e sendo fiel àquilo que costumo dizer em aniversários: não, não vou afirmar a minha desistência. Este continuará a ser o meu cantinho na Web onde descarrego a minha parvoíce uma vez por outra (embora duvide que haja alguém desse lado a lê-las). Mas não faz mal. Este continua a ser um armazém digital de bandalheira. Se alguém para além de mim o costuma abrir não interessa.

  Quando escreverei novamente? Não sei. Mas hei-de continuar a teorizar...